Pacote de resgate para a Europa pode destruir economia mundial

Por Luis R. Miranda

Uma cláusula secreta no acordo de resgate europeu de um trilhão de dólares vai garantir a criação de mais dívidas na Europa, a deterioração da economia global dizimando os Estados-nação e permitindo que mais poder seja dado aos organismos supranacionais.

Como publicou o Financial Times, o principal jornal alemão Bild afirma que obteve uma cópia do acordo de socorro financeiro e vai “expor” uma série de cláusulas secretas.

A maioria dessas cláusulas dizem que se um país se considera incapaz de coletar fundos para o resgate e as taxas de juros da carga de 5 por cento concordado no caso da Grécia, pode optar por sair do plano de resgate financeiro completamente, deixando o resto dos estados da área do euro a pagar a diferença.

Se isso acontecer, o plano poderia resultar em um efeito dominó, como o repórter do London Telegraph, Ambrose Evans-Pritchard, explica:

BNP Paribas disse que iria rapidamente se transformar em uma crise sistêmica se a Espanha estivesse nessa posição, por exemplo, porque outros países não podem aguentar a carga crescente. O banco avisou que o projeto para salvar o euro pode começar a desintegrar-se rapidamente se estas cláusulas de emergência forem postas à prova.

Como o analista financeiro Tyler Durden do Zero Hedge explica, isso significa más notícias para os contribuintes da U.E porque a U.E é essencialmente usada como um motor para a consolidação global:

Portugal, Espanha e Itália são arrastados pelos guardas das elites na sua participação na recuperação de $ 1 bilhão para prevenir o colapso. E quando isso acontece, o custo total do resgate será financiado pelo país mais rico do FMI, os Estados Unidos.

Obviamente, o incentivo para explodir os custos dos empréstimos são enormes no presente acordo e a Alemanha e os E.U. não têm escolha a não ser salvar todos os dominós que caiam.

A cláusula secreta essencialmente cria um incentivo para que os países da zona euro mais débiles explorem suas dívidas – o acordo cria um risco moral muito grande.

Tyler Durden novamente:

… O benefício para o primeiro desertor é muito maior do que qualquer outro problema e o último ficaria com o saco vazio no que basicamente se tornaria num dos maiores resgates de toda a Europa. Muitos se perguntam como pode ser que pessoas inteligentes concordem com um pacote de salvamento da Grécia, no que a Grécia tem para contribuir com sua própria salvação. Agora sabemos que este foi o truque que os banqueiros tinham planejado desde o começo.

Como foi exposto, no coração da centralização em curso das economias nacionais existe uma propagação viral de caos econômico por meio do qual o mais poderoso pode consolidar seu controle sobre o mundo.

A super-elite está, essencialmente, desviando a riqueza de cada nação soberana que pode colocar em suas mãos, deixando os povos dessas nações para salvar o seu país através dos seus governos eleitos enquanto, lentamente, drenam tudo o que eles têm.

A exposição e a compreensão deste programa e o que ele significa para as massas é fundamental, porque enquanto as pessoas permitam que os seus governos operem neste sistema sob a ilusão de que eles estão trabalhando para algum tipo de harmonização utópica, quando a realidade é tudo contrário; as coisas só pioram.