Petrobrás não pertence mais ao Brasil. O Pre-Sal também não

Por Luis R. Miranda
The Real Agenda
Junho 24, 2010

Os tentáculos dos globalistas que causaram a atual crise econômica estão chegando agora aos países com economias estáveis, e

Como acontece sempre, o povo brasileiro será o menos beneficiado com a descoberta do pre-sal.

sociedades pacificadas.  Os bilhonários querem os recursos naturais e as empresas com mais sucesso.  O mais recente exemplo é Petroleos Brasileiros (Petrobrás).  Em quanto os brasileiros contam os beneficios do pre-sal, e como a riqueza gerada pelo pre-sal será dividida, os donos do mundo lentamente se apropriam do pais.

Antes da compra de ações que o George Soros fez, já existiam duas outras empresas que possuíam partes do mais novo projeto da Petrobrás, o pre-sal.  Segundo o diário Financial Times da Inglaterra, British Gas ou BG é dona de quase um terço do pre-sal e mais uma empresa Canadense possui aproximadamente 15 por cento do projeto.  Então, os beneficios do pre-sal nao serão só dos brasileiros, como devia ser, mas de empresas europeias, canadenses e de bilhonários norteamericanos.  O que sobrar seria dos brasileiros.

Segundo o sito de noticias Bloomberg, o investidor George Soros comprou US 811 milhões da Petróleo Brasileiro SA, no segundo trimestre, fazendo o seu investimento em Petrobrás o maior dos que o seu fundo patrocina.

Em 30 de junho, a participação na empresa estatal brasileira com base no Rio de Janeiro aumentou a 22 por cento dos 3680 milhões de dólares das reservas do Soros Fund Management LLC, de acordo com o Securities and Exchange Commission dos Estados Unidos. Logo depóis que a compra das ações aconteceu, o seu preço caiu em 28 por cento.

Petrobrás não é a única empresa na que o Soros aumentou sua participação.  Ele também comprou mais de empresas de mineração e commodities, no primeiro trimestre como a Cia. Vale do Rio Doce, o maior produtor mundial de ferro, e Talisman Energy Inc., uma empresa canadense de petróleo e gás. No final do ano passado, Petrobrás anunciou a descoberta de Tupi, um poço de petróleo do tipo abiótico (petróleo produzido quimicamente e nao originado de fósseis) com 8 bilhões de barris de reservas, o que é a maior descoberta no continente americano desde 1976.

“A Petrobrás tem algo que outras companhias petrolíferas não têm: petróleo – muito dele e vão encontrar mais”, disse Ricardo Kobayashi, gerente de fundo de capital com UBS Pactual SA, no Rio de Janeiro, que administra cerca de US 5 bilhões de dólares incluindo ações da Petrobrás. “Se você pode comprar agora e esperar, se você tem o poder de permanência, é ótimo.”

Tupi faz parte de uma nova descoberta de petróleo que os brasileiros chamam o pré-sal.  O petróleo abiótico é econtrado a profundezas de 30 mil pés.  No caso específico de Tupi e os outros poucos, eles podem conter até 50 bilhões de barris, de acordo com Peter Wells, analista de petróleo com Neftex do Reino Unido Petroleum Consultants Ltd.

Caída das ações

A queda nos EUA das ações da Petrobrás desde 30 de junho teria reduzido o valor da participação divulgado por Soros em US 235 milhões de dólares.

Soros Fund Management não incluiram a compra das ações da Petrobrás no final do primeiro trimestre, mas revelou participações muito menores na companhia brasileira de petróleo durante 2007, incluindo 150 mil ações, com um valor de mercado de cerca de US 17,3 milhões de dólares, em 31 de dezembro.

As ações da Petrobrás foram negociadas a um preço de 64,83 dólares cada durante o segundo trimestre, quando Soros comprou a sua parte. As ações cairam em 91 centavos, ou 1,8 por cento, para 50,68 dólares em Nova York, mudando o valor da empresa brasileira a 204.800.000 mil milhões de dólares americanos.

O fundo de Soros também comprou quase 9,5 milhões de dólares em ações da Lehman Brothers durante o segundo trimestre, de acordo com as informações apresentadas hoje. O fundo do Soros era dono de 10.000 acoes da Lehman em 31 de março, pouco antes do segundo trimestre começar.

É importante dizer que nem a Petrobrás nem qualquer outra empresa que perfura poços de petróleo em todo o mundo, tem a tecnologia para perfurar 30 mil pés até o local onde o pre-sal está situado. No entanto, essa incapacidade não impediu que a Petrobrá ou o governo do Brasil fizesse previsões sobre a data em que a empresa vai iniciar a perfuração e quanto petróleo será extraido do poço.

Petrobras is Brazilian No More

The tentacles of the globalists who caused the current economic crisis are now reaching somehow stable countries and taking over their resources.

Bloomberg

One of the richest men in the world now owns $811 million in Petrobras shares..

Billionaire investor George Soros bought an $811 million stake in Petroleo Brasileiro SA in the second quarter, making the Brazilian state-controlled oil company his investment fund’s largest holding.

As of June 30, the stake in Petrobras, as the Rio de Janeiro-based oil producer is known, made up 22 percent of the $3.68 billion of stocks and American depositary receipts held by Soros Fund Management LLC, according to a filing with the U.S. Securities and Exchange Commission. Petrobras has since slumped 28 percent.

Soros has increased his mining and commodities holdings, a move that accelerated in the first quarter with purchases of such companies as Cia. Vale do Rio Doce, the world’s largest iron-ore producer, and Talisman Energy Inc., a Canadian oil and gas company. In November, Petrobras announced the discovery of Tupi, a field with as much as 8 billion barrels of reserves, making it the largest find in the Americas since 1976.

“Petrobras has something that other oil companies don’t have: oil — lots of it and they’re going to find more,” said Ricardo Kobayashi, equity fund manager with UBS Pactual SA in Rio de Janeiro, which manages about $5 billion of stocks, including shares in Petrobras. “If you can buy now and hang on, if you have the staying power, it’s great.”

Tupi is part of a new deepwater offshore region known as the pre-salt that may contain as much as 50 billion barrels, according to Peter Wells, oil analyst with the U.K.’s Neftex Petroleum Consultants Ltd.

Share Slump

The drop in Petrobras’ U.S.-traded common shares since June 30 would have reduced the value of Soros’s disclosed stake by $235 million.

Soros Fund Management didn’t report holding any Petrobras shares at the end of the first quarter. It did disclose much smaller stakes in the Brazilian oil company during 2007, including 150,000 depositary shares, with a market value of about $17.3 million, at Dec. 31. The hedge fund company also had calls on another 35,000 shares at Dec. 31.

Petrobras shares traded at an average closing price of $64.83 each during the second quarter, when Soros bought the stake. The shares today dropped 91 centavos, or 1.8 percent, to $50.68 in New York, valuing Petrobras at $204.8 billion, the world’s 11th-biggest company by market capitalization.

Soros funds also bought almost 9.5 million shares of Lehman Brothers Holdings Inc. during the second quarter, according to today’s filing. Soros funds held 10,000 Lehman shares at March 31, just before the second quarter began.

Lehman shares closed at $19.81 each on June 30, giving Soros’s stake in the New York-based brokerage a market value of about $187.7 million when the quarter ended. Lehman shares have since declined 18 percent, reducing the stake’s value to $153.5 million.

Michael Vachon, a Soros spokesman, didn’t immediately return a telephone call seeking comment.