Radiação cria células cancerosas 30 vezes mais potentes que células cancerosas regulares

POR LUIS MIRANDA | THE REAL AGENDA | 19 DE MARCO 2012

Em um estudo novo e inovador que acaba de ser publicado na revista Stem Cells, os pesquisadores do Johnsson UCLA Comprehensive Cancer Center Department of Oncology concluíram que, apesar de matar metade de todas as células tumorais por tratamento, tratamentos de radiação em câncer da mama transforma outras células cancerosas em células tronco cancerosas que são muito mais resistentes ao tratamento do que as células cancerosas normais. O novo estudo é mais um golpe para o paradigma falido e favorecido que os tratamentos convencionais que tentam cortar, envenenar ou queimar os tumores quando estes são encontrados ou quando sintomas do câncer sao detectados.

O autor principal do estudo Dr. Frank Pajonk, professor adjunto do Centro de Oncologia e Radiação do Centro Jonsson, informou que células-tronco cancerosas da mama (iBCSC) “foram geradas pela ativação das mesmas vias celulares induzidas pela radiação por ativação das mesmas vias celulares usadas para reprogramar células pluripotentes de tronco normais (IPS) em medicina regenerativa. “Pjonk, que também é um cientista no Centro de Medicina Regenerativa na Universidade da Califórnia, acrescentou:” Foi notável que esses cânceres de mama utilizaram os mesmos caminhos de reprogramação para lutar contra o tratamento de radiação.”

No novo estudo, Pajonk e sua equipe irradiaram células-tronco cancerosas normais e as colocaram em camundongos. Através de um sistema de imagem única, os pesquisadores observaram as células se diferendo das iBCSC em resposta aos tratamentos de radiação. Pjonk relata que as células recém-geradas eram muito semelhantes as células-tronco cancerosas não-irradiadas. A equipe de pesquisadores também descobriu que as células-tronco induzidas por radiação tinham uma habilidade mais de 30 vezes maior para formar tumores em comparação com células de câncer de mama não irradiadas.

Apesar da crescente evidência, a medicina tradicional se apega a quimioterapia, cirurgia e radiação e ignora soluções naturais

Apesar de todos os bilhões de dólares gastos em câncer, a 40 anos do começo da “guerra contra o câncer” tudo tem sido, por qualquer avaliação honesta, uma perda de tempo e recursos. Há cem anos, em qualquer lugar, 1 em 50 ou talvez 1 em 100 pessoas podiam esperar desenvolver câncer. Agora estima-se que 1 em cada 2 homens e 1 em cada 3 mulheres serão diagnosticadas com câncer em suas vidas. Apesar de mais  pessoas ao redor do mundo desenvolvem câncer e morrem de câncer a cada ano, a medicina tradicional continua a agarrar-se dos tratamentos fracassados, que mais e mais frequentemente não conseguem eliminar o câncer e sim ajudam a disseminação do câncer e o retorno de formas mais agressivas do que nunca. Notavelmente, dois dos três principais tratamentos principais de câncer — radiação e quimioterapia — são altamente cancerígenos.

Alguém poderia pensar que o novo estudo, da amplas razões para repensar o uso de radiação. No entanto, os autores do estudo analisaram os resultados como uma oportunidade de continuar e melhorar o uso de radiação para encontrar formas de controlar a diferenciação celular. O que os cientistas não conseguiram notar é que as alternativas naturais já foram encontradas e estas impedem o desenvolvimento de células-tronco cancerosas.

Como apenas um exemplo, NaturalNews informou em maio de 2010, que um estudo da Universidade de Michigan tinha encontrado um composto no brócolis e brotos de brócolis que tinham a capacidade de atacar células-tronco cancerosas. Veja: http://www.naturalnews.com/028822_broccoli_breast_cancer.html

Os pesquisadores não observaram cuidadosamente como as células cancerosas lutam contra tratamentos não-naturais. Eles também não levavam em conta a crescente evidência de que a melhor maneira de vencer o câncer, bem como evitá-lo, é construir e melhorar a nossa primeira linha natural de defesa – o nosso sistema imunológico.

O caminho mais seguro e eficaz para melhorar o sistema imunológivo natural e combater o câncer, em geral, é trabalhar com a natureza. Também é de longe a forma menos dispendiosa, e é aí que provavelmente reside o detalhe. Você não pode patentear e lucrar com a natureza como você pode com medicamentos e tratamentos convencionais.

Nota: Nem NaturalNews nem este autor promove o uso desumano dos animais em estudos médicos.

Outras fontes incluem:

www.cancer.ucla.edu/Index.aspx?page=644
www.sciencedaily.com/releases/2012/02/120213185115.htm
www.naturalnews.com/cancer_cells.html
www.naturalnews.com/stem_cells.html

Traduzido do artigo original: Radiation creates Cancer Cells 30 Times More Potent than Regular Cancer Cells

About Luis Miranda
The Real Agenda is an independent publication. It does not take money from Corporations, Foundations or Non-Governmental Organizations. It provides news reports in three languages: English, Spanish and Portuguese to reach a larger group of readers. Our news are not guided by any ideological, political or religious interest, which allows us to keep our integrity towards the readers.

Comments are closed.